sexta-feira, 4 de maio de 2018

Desigualdades na repartição dos rendimentos em Portugal e na UE

1. Distingue pobreza de privação material. Recorrendo à imagem no início deste post calcula quantas pessoas são afectadas pela (a) pobreza; (b) pela privação material; (c) por ambas as situações. 
Pobreza são as pessoas que possuem um rendimento inferior a 60% do rendimento médio nacional e privação material é quando de um cabaz de 9 itens o individuo não possui 3 desses 9 itens

(a) pobreza - 80 milhões
(b) pela privação  material - 40 milhões
(c) por ambas - 2,3 milhões

2. Refere o subemprego como factor explicativo da pobreza. 
O subemprego é um fator explicativo da pobreza, pois um individuo em situação de subemprego trabalha menos horas, logo recebe menos rendimento o que faz com que o individuo possa se encontrar numa situação de pobreza

3. Identifica os grupos sociais que correm maior risco de pobreza e exclusão social. 
Os grupos sociais com maior risco de pobreza são: os desempregados, os agregados familiares, os inativos ( não idosos e não crianças ), mulher solteira e emigrantes não pertencentes á
UE

4. Indica os cinco países da EU com (a) mais e (b) menos população em risco de pobreza, analisando o grupo etário mais jovem (0-17). 
http://www.pordata.pt/Europa/Populacao+em+risco+de+pobreza+total+e+por+grupo+etario+(percentagem)-2331-180821 
A - Bulgária, Roménia, Grécia, Lituânia e Croácia
B - Áustria, Países Baixos, Dinamarca, Finlândia e República Checa

5. Indica os cinco países da EU com (a) mais e (b) menos população em risco de privação material severa, analisando o grupo etário mais jovem (0-17).
http://www.pordata.pt/Europa/Taxa+de+privacao+material+severa+total+e+por+grupo+etario-2333-181087 
A - Bulgária, Roménia, Grécia, Hungria e chipre
B - Dinamarca, Países Baixos, Finlândia, Luxemburgo, Suécia

6. Entre o Telefone, a Televisão a cores e a Máquina de lavar roupa, verifica de qual destes bens se encontram privadas mais pessoas. Indica os cinco países com mais população privada da sua aquisição. http://www.pordata.pt/Europa/Populacao+sem+capacidade+de+aquisicao+de+alguns+equipamentos+domesticos+(percentagem)-1526-63402 
O bem que mais pessoas se encontram privadas é a máquina de lavar
Os 5 países são Bulgária, Roménia, Lituania, Letónia e Grécia

7. Verifica qual o género onde o problema do subemprego atinge mais pessoas. Indica os cinco países onde esse género é mais afectado.
http://www.pordata.pt/Europa/Populacao+com+menos+de+60+anos+a+residir+em+agregados+domesticos+com+intensidade+laboral+muito+reduzida+total+e+por+sexo+(percentagem)-2334-181238 
O género com mais problema de subemprego é o género feminino
Os cinco países são: Grécia, Bélgica, Espanha, Croácia e Bulgária

8. Indica os cinco países com maior desigualdade na repartição do rendimento, medida pelo rácio S80/S20. Interpreta o valor deste indicador para Portugal.
http://www.pordata.pt/Europa/Desigualdade+na+distribuicao+do+rendimento+(S80+S20)-1540
Os cinco países com maior desigualdade de repartição do rendimento segundo o rácio S80/S20 são:Bulgária, Roménia, Lituânia, Espanha e Grécia
Em Portugal o valor é de 7,4 em 2016 ou seja o rendimento dos 20% mais ricos é 7,4 vezes que o rendimento que cabe aos 20% mais pobres.

9. Indica os cinco países com maior desigualdade na repartição do rendimento, medida pelo Coeficiente/Índice de Gini. Interpreta o valor deste indicador para Portugal.
http://www.pordata.pt/Europa/Indice+de+Gini-1541
Os cinco países com maior desigualdade na repartição do rendimento medida pelo índice de Gini são: Bulgária, Lituânia, Roménia, Espanha e Letónia
O valor em Portugal é de 33,9% em 2016, ou seja estes 33,9% cabem ao rendimento dos mais pobres


10. Recorrendo ao Índice Better Life refere três dimensões como pontos fracos de Portugal, e outras três dimensões como pontos fortes (ou menos maus que noutros países). 
Os 3 pontos fortes de portugal são a segurança, meio ambiente e o equilíbrio entre a vida profissional e a vida pessoas
Os 3 pontos fracos são:Satisfação de vida, engajamento civico e renda

11. Consultando o PORDATArefere a evolução do poder de compra, de 1993 para 2015, em cinco concelhos à tua escolha. 

Sem comentários:

Enviar um comentário