terça-feira, 10 de abril de 2018

A actividade produtiva e a formação dos rendimentos

1. Refere duas medidas políticas propostas pelo RDH2015 tendo em vista a redução das desigualdades de oportunidades
  • Fomento da participação nos lucros e da participação no capital por parte dos trabalhadores. A partilha dos lucros com os trabalhadores e a possibilidade de estes adquirirem ações nas empresas ajudaria a diminuir as desigualdades de rendimento.76 
  • Adoção e aplicação de políticas distributivas adequadas. Entre essas medidas poderiam incluir-se impostos progressivos sobre os rendimentos e a riqueza, regulamentos para reduzir a extração de rendas, uma regulamentação mais estrita (em especial das finanças) e despesas públicas direcionadas para as populações pobres. 
2. Partindo da definição do rácio S80/S20 explica qual seria o seu valor numa sociedade igualitária.
O seu valor seria 1, pois para calcular o racio S80/S20 divide-se o rendimento dos 20% mais ricos pelo rendimento dos 20% dos mais pobres o que dá 1.
3. Observando o rácio S80/S20 nos países da União Europeia, relaciona a equidade na repartição do rendimento com desenvolvimento.
Quanto meror o rácio S80/S20 num país significa que o desenvolvimento é maior pois a repartição dos rendimentos é mais equilibrada , o mercado é mais dinâmico, logo as empresas podem vender mais.

4. Distingue rendimento de riqueza.
O rendimento é um fluxo porque mede-se ao longo do tempo enquanto que a riqueza é um stock.

5. Distingue riqueza de capital. 
A riqueza é um stock e o capital é a riqueza aplicada num processo produtivo para gerar maior riqueza.

6. Distingue rendimento de transferência. 
O rendimento é o pagamento do trabalho, ou seja, recebemos porque merecemos pelo trabalho feito.
A transferência é dinheiro dado por dar, ou seja, não é pagamento do trabalho mas sim um subsidio.

7. Relaciona valor acrescentado com rendimento. 
O valor acrescentado é o valor dos outputs menos o valor dos inputs, e que é usado para pagar os fatores produtivos que participaram na produção. O rendimento do empresário é o valor restante do valor acrescentado após o pagamento dos fatores produtivos.

8. Explica como necessariamente, do desenvolvimento do processo produtivo/actividade produtiva resulta a repartição primária dos rendimentos.
A desigualdade na repartição dos rendimentos e desfavorável para as empresas porque as empresas produzem e precisam de  compradores com a desigualdade na repartição dos rendimentos nem todos conseguirão ter acesso a esse produto.

9. Além das disparidades salariais, refere outro factor que contribui para uma repartição do rendimento injusta.
As qualificações profissionais

10. Explica as disparidades salariais em resultado dos seguintes factores:
a) Qualificações profissionais;
Quanto maior for a qualificação do individuo, mais rendimento ele terá, pois poderá frequentar cargos melhores;
b) Anos de experiência;
As pessoas com mais experiência, como já fazem aquilo à mais anos, sabem como o fazer melhor e mais rápido, logo o individuo pode exigir mais.
c) Diferencial de compensação (poder de atracção das profissões);
Quando uma profissão é menos atrativa, como por exemplo limpar janelas dos hotéis, o trabalhador exige mais pois esse trabalho é mais arriscado que o de um porteiro
d) Segmentação de mercados em grupos não concorrentes. 
Em cada grupo o trabalho fica mais escasso porque cada individuo só pode frequentar um carreira por exemplo um professor de PT não pode fazer concorrência com um professor de Economia, como em cada grupo o trabalho é escasso os salários são maiores

Sem comentários:

Enviar um comentário