terça-feira, 19 de setembro de 2017

A Economia como Ciência Social

1. Explica porque é que o estudo dos fenómenos económicos constitui uma abstracção da realidade.
R: O estudo dos fenómenos económicos constitui uma abstracção da realidade pois só é estudado a parte económica e perde-se a noção da realidade social.

2. Justifica a multiplicidade de possíveis “soluções” para o mesmo “problema económico”.
R: A Economia tem uma multiplicidade de soluções, pois cada individuo deve fazer as suas escolhas face às suas necessidades e isso depende da prespetiva de cada um.
3. Distingue o objecto real do objecto científico da Economia.
R: O objeto real da Economia é o ser humano e o objeto cientifico e o responsável por estudar os fenómenos económicos. 
4. Justifica a interdisciplinaridade (mensagem anterior) como atitude metodológica, referindo a utilidade da Economia e de três outras ciências sociais para o estudo de um dos seguintes fenómenos: 
- desemprego; 
- migrações;
- insucesso escolar;
- emancipação feminina;
- corrupção;
- desenvolvimento.
R: A interdisciplinaridade existe porque não seria possível estudar um fenómeno social numa só ciência devido a cada ciência estudar uma parte do fenómeno e não existir uma ciência que estude o fenómeno por completo.
- Desemprego:

  • Economia - saber se a taxa de desemprego é alta ou baixa
  • Sociologia - saber quais os grupos sociais mais afetados pelo desemprego (jovens,adultos ou mulheres)
  • Psicologia - saber o estado mental das pessoas que se encontram no desemprego e possíveis razões que a podem ter levado ao desemprego
  • Demografia - como varia o desemprego na densidade da população

Sem comentários:

Enviar um comentário